segunda-feira, 29 de março de 2010

Hospital de Guaraqueçaba.


Estive na tarde do dia 28 de março em Guaraqueçaba, a única cidade isolada do Paraná. Acompanhei a visita técnica. E participei da festa da Cumieira.

Antigo porto paranaense de presitígio, foi suporte para uma numerosa comunidade semita, árabe e hebreia, suíços, franceses, italianos e alemães. Cercada de minérios raros, incluindo o ouro e ferro, entre outros radioativos, dona de fontes de água de ótima qualidade, Quaraqueçaba, mais antiga do que Curitiba, ao meu ver, resite à história.

O Governo do Paraná, na gestão Requião, investe em um Hospital, que dará suporte as populações isoladas das diversas ilhas e às populações indígenas do litoral, assim como à população da cidade.
Ouvi que o Hospital dará suporte num futuro ainda distante ao Turismo de Saúde, algo inédito para mim. ( dizem que foi assim, com suas areias monaziticas que Guarapari, ES, surgiu para o turismo brasileiro).

A cidade se prepara para o Turismo Médico Gariatrico. Seu Centro Histórico e praça central foram revitalizados.
A obra física do hospital estará entregue, como me disse o empreiteiro, em 60 dias, e a instalação dos equipamento em mais 30 dias, completando noventa dias para sua entrega. Em andamento o processo de contratação e treinamento de 128 funcionários, quase todos moradores do Município. A inauguração ficará portanto para o governo de Orlando Pessuti.


O Hospital não só dará suporte a turistas da Ilha do Mel e Superagui, e outras comunidades isoladas, mas terá algumas especialidades que fomentará o Turismo de Saúde em Gereatria ( Terceira Idade) aproveitando-se do baixo custo de vida no município e suas novas condições de salubridade e a total ausência de poluição no ar. ( O Governo Requião investiu no tratamento de esgoto e no abastecimento de água na antiga cidade) A cidade tem baixos indices de violência, permanecendo como um lugar ideal para idosos, seja por estar ao nível do mar, seja pelo clima, seja pela segurança. Uma cidade com poucos veículos e um nascer e por do sol lindos.
Suas ruas começam a ser calçadas com pequenos blocos de concreto o que lhe dará um aspecto melhor, ecologicamente correto, e mais seguro para os transeuntes idosos.


Tivemos o prazer de aterrizar no amplo e seguro heliponto do novo hospital

Espera-se a sua inauguração para 100 dias.


Conheça o G23 Presidente

2 comentários:

Correio disse...

Caro Wallace, peço autorização para republicar seu texto no Correio do Litoral.com

Gustavo Aquino - correio@correiodolitoral.com

Elisangela D.C. Viana disse...

eh dá pra ver q o hospital está ficando ótimo. Agora será q daria pra ver se o iram chamar em breve mais profissionais da área de saúde, como:Auxiliares de Farmácia,enfermagem,etc.Por favor me deem noticias.Desde já agradeço!!! O meu e-mail eh: vianaeli@hotmail.com